A pescaria

Na sala referência do Grupo IV estavam organizados blocos grandes e tábuas de madeira, tecidos, barbantes e tesouras.

O espaço estava preparado para dar continuidade às investigações de construção de casas e cabanas.

Três crianças escolheram essa proposta e começaram a organizá-los e testar suas possibilidades.

Árion organizou os blocos no chão e disse para Benjamim: “Olha, tem um mar aqui e eu vou pescar um peixe”.

Com uma tesoura em mãos, cortou um pequeno pedaço de barbante.

A continuidade da oferta do mesmo material possibilita que a criança estabeleça diferentes relações com ele e crie novos repertórios de brincadeiras a cada vez.

O bloco de madeira vazado, havia se transformado em peixe para Árion que passou a planejar qual seria seu próximo movimento para poder pescá-lo.

Com o barbante em mãos, Árion o passa pelo meio do bloco, dando duas voltas. Puxa o barbante ao terminar, testando se havia conseguido pescar o peixe.

Enzo que acompanha o colega diz: “Árion, precisa amarrar do outro lado”.

Árion abaixa-se e repete o movimento de passar o barbante no meio do bloco.

Orgulhoso, mostra a Enzo o seu feito: “Consegui! Pesquei o peixe!”

Unidade II - Educação infantil

Rua Jureia, 575 - Vila Mariana, São Paulo - SP
[55] 11 5572-1274

  • Grey Facebook Icon
  • medium-m-color-688_edited
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon

Unidade I - Berçário

Rua São Samuel, 165 - Vila Mariana, São Paulo - SP
[55] 11 5084-0111