Farinha de babaçu: o sabor da floresta em pé (e na mesa da Carambola)


Na Escola Ateliê Carambola, valorizamos muito a alimentação – pelos momentos de trocas, de conquistas e também pela pesquisa de alimentos que trazemos para nossa cozinha. Nossa última descoberta foi a farinha de babaçu, que virou um mingau delicioso, aprovadíssimo pelas crianças.

O coco babaçu é colhido na mata, quando está recém caído de suas palmeiras. Elas crescem naturalmente, sem receber agrotóxicos ou fertilizantes, em uma vasta área dos Estados do Pará, Tocantins e Maranhão.

A farinha de babaçu é produzida a partir do mesocarpo do coco, uma parte branca e fibrosa que fica entre a amêndoa e a casca. Após a coleta do coco babaçu, os extrativistas retiram a casca e deixam o mesocarpo secando ao sol. Depois da secagem, o mesocarpo é processado nas miniusinas, transformado em farinha e cuidadosamente embalado.

“O nosso trabalho é um trabalho vivo, que merece ser respeitado e compensado. Aqui nós não estamos falando só da produção para gerar renda, mas também para proteger o nosso território, que é de onde extraímos essa produção”, disse Edileno de Oliveira, presidente da Associação dos Moradores do Riozinho do Anfrísio (Amora), no Pará.

A farinha de babaçu tem 60% de amido, é rica em fibras e de alto valor nutritivo, ótima para receitas doces e salgadas. Pode-se preparar bolos, biscoitos, tortas, mingaus e panquecas. Além disso, é uma alternativa que protege o trabalho dos extrativistas, que garantem seu sustento com a floresta em pé.

São muitas as receitas possíveis. Na Carambola, após testes para alcançar o sabor e a consistência desejadas, chegamos em uma rica mistura de babaçu com outros ingredientes, como aveia, chia, leite vegetal e frutas.

RECEITA do mingau de babaçu da Escola Ateliê Carambola Ingredientes: 1 litro de água 4 colheres de sopa de farinha de aveia 4 colheres de sopa de chia 4 colheres de sopa de farinha de babaçu 4 colher de sopa de uvas passa pretas e sem sementes 1/2 litro de leite de aveia orgânico, amêndoas ou arroz. Modo de fazer: Coloque todas as farinhas na panela com água fria. Ferva até engrossar, no máximo 10 minutos. Acrescente o leite de cereais frio e mexa até misturar tudo. Finalize com as uvas. Se preferir, use manga ou pera.

Fotos da linha 1: Rogério Assis/ISA e Claudio Tavares/ISA/Divulgação Fotos da linha 2: Ateliê Carambola Escola de Educação Infantil

Para saber mais sobre a importância da farinha de babaçu, leia aqui a reportagem produzida pelo Instituto Socioambiental, que também registrou em vídeo outras receitas criadas pelos chefs Bela Gil e Alex Atala.

Unidade II - Educação infantil

Rua Jureia, 575 - Vila Mariana, São Paulo - SP
[55] 11 5572-1274

  • Grey Facebook Icon
  • medium-m-color-688_edited
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon

Unidade I - Berçário

Rua São Samuel, 165 - Vila Mariana, São Paulo - SP
[55] 11 5084-0111